novembro 13, 2018

Probióticos: o que são, quais suas vantagens (e até desvantagens)

Instrumento para uma boa digestão e uma saúde intestinal constante, os probióticos são alimentos que contêm bactérias benéficas que equilibram a flora intestinal e melhoram o bem-estar do corpo em geral.

Além de conter propriedades que ajudam manter uma boa saúde respiratória do sistema, os alimentos também podem levar em si outras enzimas que auxiliam na saúde do sistema digestivo: os probióticos. As bactérias boas podem ser eliminadas em grande parte após o uso de antibióticos ou quando nos alimentamos de forma errada e desequilibrada por meio de fast foods, comidas industrializadas e excesso de gorduras.

Os principais benefícios dos probióticos envolvem comportamentos do corpo, prevenção de doenças e fortalecimento dos sistemas corporais. As vantagens incluem: combater doenças intestinais como diarreia, prisão de ventre e obesidade; fortalecimento do sistema imunológico por meio da produção de células de defesa; prevenção de alergias e intolerâncias alimentares; e ajudar na digestão de lactose.

Mas nem de vantagens vivem os probióticos. Em um estudo recente divulgado pela revista Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS) foi divulgado que os probióticos são realmente saudáveis para muitos organismos naturais, mas em alguns casos eles são capazes de prejudicar a saúde pois, os probióticos podem, de certa forma, comprometer a integridade do epitélio intestinal, que é uma camada muito fina de células que existem com a função de proteger o corpo de toxinas e bactérias maléficas.

Por isso, é importante que o equilíbrio dos probióticos seja levado em consideração para se evitar maiores complicações. Como opção de se ingerir probióticos voluntariamente, recomendamos alimentos como iogurte natural, leite fermentado e produtos orientais que tenham em sua fórmula base a soja. Também existem suplementos probióticos que podem ser manipulados e consumidos por meio de cápsulas, líquidos ou sachês.

facebook linkedin