março 28, 2019

Tratamento contra a enxaqueca chega ao Brasil

E enxaqueca é uma doença neurológica que se caracteriza por fortes dores de cabeça. Apesar de atingir uma a cada sete pessoas, de modo que 2% da população têm enxaqueca crônica com crises que acontecem por 15 ou mais dias em um mês, a mesma ainda não possuía um tratamento específico aqui no Brasil.

Essa semana a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um medicamento para a prevenção da doença. A previsão é que o tratamento seja comercializado ainda no primeiro semestre deste ano.

O medicamento recebeu o nome de Pasurta. O tratamento consiste em uma injeção mensal, com uma espécie de canetinha, semelhante às utilizadas para aplicar insulina em diabéticos. A droga barra a ação de uma molécula, chamada CGRP, que é diretamente relacionada no processo inflamatório.

Não é uma cura para o problema, mas segundo uma pesquisa da King’s College de Londres, em quatro meses de uso, grande parte dos pacientes que receberam o medicamento apontaram uma redução da dor pela metade nos dias de crise.

Nos Estados Unidos, o medicamento foi disponibilizado no ano passado com um outro nome, Aimovig. O custo anual dele chega a aproximadamente 7 mil dólares. O valor pode variar de um país para o outro, mas a previsão é que o tratamento não será barato no mercado brasileiro. Depois de aprovado pela Anvisa, a droga passa por um estudo por parte da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) para que possa ser definido um limite de preço.

facebook linkedin

Relacionado

Seu filho come bem?

31 de julho de 2020 em Bem-estar

Ser fraterno

13 de maio de 2020 em Bem-estar