Autocuidado necessário

(Uma matéria de carinho dedicada exclusivamente às mulheres)

Cada fase da vida requer cuidados especiais. Às vezes é a mente que está dependente de atenção, outras vezes o corpo, que sofre bastante com as gestações e a idade, mas na prática, sabemos que de modo geral ter um momento para cuidar de si é um grande desafio.

Uma rotina que envolve trabalho, filhos, afazeres domésticos, etc, toma conta de boa parte da energia e disposição das mulheres, que consequentemente acabam deixando o autocuidado de lado para tocar outras prioridades da sua vida e daqueles que a cercam. É coisa do instinto feminino! 

Mas afinal, o que é autocuidado?

O autocuidado está relacionado à saúde mental e física, ao bem-estar, e até mesmo ao amor próprio e empoderamento em todas as fases da vida. Engana-se quem associa o autocuidado à vaidade e à futilidade. Aqui estamos falando de tudo aquilo que se faz para você mesma, com o intuito de ter melhor qualidade de vida. Isso pode incluir desde ir à manicure, ou mexer no cabelo, até fazer uma leitura diariamente, praticar atividades físicas e tirar um tempo para você. Ou seja, são todas as ações que causam satisfação e que, ao mesmo tempo, cuidam de você: do corpo à mente.

A construção de hábitos que promovem o autocuidado podem ser iniciados ainda na infância com pequenas atitudes e orientações dos pais, mas pode também ir se perdendo com o passar dos anos, com o aumento das responsabilidades e o ato de exercer inúmeras funções durante o dia.

A influência na criação de meninas

Deixar as meninas escolherem as brincadeiras sem limitá-las por serem mulheres, ter um acompanhamento de suas relações sociais na escola e até mesmo por meio do exemplo de autocuidado em casa, como ver a mãe cuidar da pele, do cabelo, fazer atividade física, se alimentar bem, irão promover uma imagem no subconsciente da criança que irá crescer com um olhar positivo para essas práticas e tudo isso irá auxiliá-la a passar pela adolescência entendendo o valor destes vários atos de amor.

A adolescência é um período desafiador para as mulheres, muitos hormônios, reações na pele, às vezes o início de um relacionamento amoroso, inseguranças com o corpo, entre outras situações. Por isso, é importante nessa fase de descobertas que o espaço para diálogo e controle justo da liberdade e validação dos sentimentos sejam levados em consideração pelos familiares. Antes de julgar e castigar, busque orientar, compreender e acolher. Assim, você estará fortalecendo uma mulher a se tornar uma adulta mais esclarecida, firme e consciente de seus atos e consequências, que se ama e também se cuida.

Na fase adulta, em vários momentos a saúde física e mental é negligenciada e também nos desconectamos de nós mesmas em prol de manter os afazeres em dia e a família em ordem. Mas a fase da mulher madura é muito importante também e manter uma rotina diária e compromisso com si própria é o melhor caminho para conquistar qualidade de vida e bem-estar, por isso, não feche os olhos para você!

Um olhar de dentro para fora

O autocuidado é amplo e não é feito apenas de questões estéticas e momentos de skincare, apesar de estas serem essenciais também para a autoestima. Priorizar-se é se alimentar melhor, tomar mais água, se exercitar diariamente, ir ao médico com regularidade, separar um tempo para o lazer, se conectar com mais frequência com aqueles que você ama, desacelerar o dia, dividir responsabilidades, e entender que nem sempre precisa dar conta de tudo, acertar sempre e que está tudo bem. 

Enxergar as necessidades do seu corpo e mente como mulher é fundamental para construir uma vida mais leve, saudável, livre de ansiedade, depressão e distúrbios compulsivos. O autocuidado feminino é uma jornada construída durante toda a vida, mas nunca é tarde para começar. Não perca mais tempo se está vivendo em uma louca montanha russa de altos e baixos, tente aos poucos construir momentos de prazer consigo mesma e perceba a evolução disso afetando o seu bem-estar, o seu dia, o seu humor e tudo o que mais te envolver.

(Visited 71 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *